Para calcular o período fértil é necessário considerar que a concepção acontece sempre no meio do ciclo, ou seja, em torno do 14º dia de um ciclo normal de 28 dias.

Desta forma, para saber quando é o período fértil é preciso contar 14 dias a partir da data em que veio a última menstruação. A ovulação acontecerá entre 3 dias antes e 3 dias depois dessa data, que é o que se considera o período fértil da mulher.

Causas de infertilidade na mulher

As principais causas de infertilidade na mulher são:

  • Distúrbios hormonais que impedem a ovulação;
  • Síndrome dos ovários policísticos;
  • Infecção por clamídia;
  • Infecções nas trompas uterinas;
  • Obstrução das trompas uterinas:
  • Problemas no formato do útero, como útero septado;
  • Endometriose;
  • Endometrioma, que são cistos e endometriose nos ovários.

Mesmo mulheres que têm menstruação normal e que não sentem dor ou desconforto relacionados aos órgãos genitais podem apresentar problemas de infertilidade que devem ser avaliados pelo ginecologista.

Causas de infertilidade na mulher

Causas de infertilidade no homem

As principais causas de infertilidade no homem são:

  • Uretrite: inflamação da uretra;
  • Orquite: inflamação no testículo;
  • Epididimite: inflamação no epidídimo;
  • Prostatite: inflamação na próstata;
  • Varicocele: veias aumentadas nos testículos.

Quando o casal não consegue engravidar, também é importante que o homem procure o médico urologista para avaliar sua saúde e identificar problemas na ejaculação ou na produção de espermatozoides.

Causas de infertilidade no homem

Infertilidade sem causa aparente

Na infertilidade sem causa aparente, o casal deve passar por vários exames com resultados normais, além de 1 ano de tentativa de gravidez sem sucesso.

Para estes casais recomenda-se continuar tentando engravidar utilizando as técnicas de reprodução assistida, como a fertilização in vitro, que possui um índice de sucesso de 55%.

Segundo os especialistas, os casais com diagnóstico de infertilidade sem causa aparente que realizam 3 Fertilizações in vitro ( FIV), 1 por ano,  têm até 90% de chances de engravidar na terceira tentativa.

Diagnóstico da infertilidade

Para diagnosticar a infertilidade, deve-se fazer avaliação clínica com o médico e exames de sangue para avaliar a presença de infecções e alterações nos hormônios.

Na mulher, o ginecologista pode pedir exames vaginais como ultrassonografia transvaginal, histerossalpingografia e biópsia do útero, para avaliar a presença de cistos, tumores, infecções vaginais ou alterações na estrutura dos órgãos reprodutores.

No homem, a avaliação deve ser feita pelo urologista e o principal exame realizado é o espermograma, que identifica a quantidade e a qualidade dos espermatozoides no sêmen.

Tratamento da infertilidade

O tratamento da infertilidade tanto no homem quanto na mulher depende da causa do problema. O tratamento pode ser feito com o uso de medicamentos antibióticos, com injeções de hormônios ou, se necessário, com cirurgia para resolver o problema nos órgãos reprodutores.

Caso a infertilidade não seja resolvida, também é possível utilizar as técnicas de inseminação artificial, em que os espermatozoides são colocados diretamente no útero da mulher, ou a fertilização in vitro, em que o embrião é produzido em laboratório e depois implantado no útero da mulher.